segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Caminhante, António Machado







XXIX



Caminhante, são tuas marcas
o caminho, e nada mais;
caminhante, não há caminho,
se faz caminho ao andar.
Ao andar se faz caminho
e ao voltar a vista atrás
se vê a senda que nunca
se voltará a pisar.
Caminhante, não há caminho,
senão estrelas no mar.





 

Nenhum comentário:

Postar um comentário