quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Buraco, poema RCF



Imagem relacionada

Jogador que blefa
quero ganhar estrada
perder-me em qualquer canto.
Eu sou o morto, canastra e pervertido,
não escrevo nem recebo cartas
compro o resto de mim que não posso descartar
coringa que não tem jogo
onde se encaixe.


(do livro Andarilho, 7Letras, 2000)

Nenhum comentário:

Postar um comentário