quarta-feira, 14 de junho de 2017

Recusa vegetal, poema RCF



Resultado de imagem para vivian maier








Aqui se recusam as plantas desidratadas
do sofrimento humilde
que florescem nos origamis da paixão
delicada e jardinesca
                  – qual mato que cobre
                  a paisagem larga da razão.




(do livro Terratreme, 1998)

Nenhum comentário:

Postar um comentário